Dom Leomar Antônio Brustolin

Bispo auxiliar

Site oficial: www.domleomar.com.br

Leomar Antônio Brustolin nasceu aos 15 de agosto de 1967, em Caxias do Sul (RS). Cursou Filosofia na Universidade de Caxias do Sul (UCS) e Teologia pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS). Foi ordenado presbítero em 20 de dezembro de 1992. Obteve o mestrado em Teologia Sistemática na Faculdade Jesuíta de Belo Horizonte (MG) e concluiu o doutorado em Teologia Sistemática na Pontifícia Università San Tommaso de Roma - Angelicum.

Atuou na Diocese de Caxias do Sul até ser nomeado bispo auxiliar da Arquidiocese de Porto Alegre – a ordenação episcopal ocorreu em 25 de março de 2015, na sua cidade de origem, sob a presidência de Dom Jaime Spengler, arcebispo de Porto Alegre.

Na área da educação coordenou e lecionou nos cursos de pós-graduação em Ensino Religioso e Teologia Pastoral na Universidade de Caxias do Sul e desde 2005 é professor na Faculdade de Teologia da PUCRS, onde coordena o Programa de Pós-graduação em Teologia. Tem alguns livros publicados na área da Escatologia, Mariologia, Catequese e Pastoral.

In Verbo Tuo

Na tua palavra (Lc 5,5)

 

O escudo, em forma de cálice e na cor azul, remete ao brasão do Papa Francisco e expressa a comunhão afetiva e efetiva com o romano Pontífice e o Colégio Episcopal. A cor azul predomina e reflete o amor do bispo à Mãe de Deus. A cruz que divide o escudo em quatro campos indica a evangelização que deve chegar a todas as partes do mundo. Sua cor dourada evoca o senhorio de Jesus Cristo. O alfa e o ômega, a primeira e a última letra do alfabeto grego, representam Cristo como princípio e fim de tudo (Ap 22,13); aludem, também, à Criação e à Escatologia. As linhas onduladas abaixo de alfa simbolizam o mar da Galileia, onde Simão Pedro acolheu a Palavra de Cristo. Recordam igualmente o rio Guaíba. No centro da cruz encontra-se uma concha de prata, com tríplice simbologia: recorda a lenda atribuída a Santo Agostinho, que teria encontrado um menino na praia com uma concha, querendo pôr toda a água do mar num buraco cavado na areia, e assim o bispo compreendeu ser inútil a tentativa de abarcar todo mistério da Trindade na limitada mente humana; ela também se refere ao peregrino que tem sede da água viva, pois é um mendicante de Deus; enfim, é símbolo da escuta atenta, do ouvido de discípulo que, ao acolher e viver a Palavra, torna-se missionário do Reino. No centro da concha está uma pérola: uma joia viva. É a beleza que procede de dentro. Na avaliação de uma pérola, predomina a essência sobre a aparência. Ela é formada de uma ferida cicatrizada na ostra e remete às chagas de Cristo: por elas fomos curados (Is 53,5). É a beleza da cruz que salva o mundo. Atrás do escudo está o báculo, símbolo do cuidado pastoral. Ele exprime a autoridade de origem divina e o poder exercido como serviço. No listel está o lema, que expressa a fidelidade à Palavra que se fez carne (Jo 1,14); é a entrega total da vida e da missão nas mãos do Senhor.

Criação: Irmã Melânia, OSB (Mosteiro Nossa Senhora das Graças de Belo Horizonte - MG)

Atuação

- Bispo auxiliar da Arquidiocese de Porto Alegre

- Bispo referencial para o Vicariato de Canoas

- Membro da Comissão Pastoral para a Doutrina da Fé da CNBB Nacional

- Bispo referencial para Educação e Cultura CNBB Regional Sul 3

- Coordenador e professor do Programa de Pós-graduação em Teologia da PUCRS

- Coordenador da Pascom da Arquidiocese

Artigos

Cúria Metropolitana

Rua Espírito Santo, 95

Bairro Centro Histórico 

CEP 90010-370 | Porto Alegre | RS

       51 3228.6199

Residência Episcopal

Vigário geral

Chancelaria

Arcebispado

Arquivo histórico

Batistério

Tutela de menores

Ascom

Tribunal Eclesiástico

ACESSE TAMBÉM

Administrativo

Departamento Pessoal

Jurídico

Financeiro

Contabilidade

Fraterno Auxílio

Patrimônio

T.I.

Obras

Servus

O Dia do Senhor

Loja Centro de Pastoral

Centro Administrativo

Av. Sertório, 305

Bairro Navegantes
CEP 91.020-001 | Porto Alegre | RS

51 3083.7800

© 2020 por ASCOM para Arquidiocese de Porto Alegre