Fraternidade "O Caminho" busca doações para nova casa em Porto Alegre, com a chegada de co


A Arquidiocese recebeu nesta semana quatro novos consagrados da Fraternidade O Caminho, que irão trabalhar com os moradores de rua em Porto Alegre. Para melhor acolhê-los, a Arquidiocese pede doações de toda a comunidade gaúcha para a estruturação da casa destinada à missão, que funcionará na Rua Duque de Caxias, 380, Centro Histórico. São solicitadas camas, colchões, roupeiros pequenos, roupas de cama e banho, agasalhos, fogão, botijão, escrivaninhas, mesa, cadeiras, utensílios de cozinha e material de limpeza, bebedouros, aquecedores e ventiladores, entre outros. A Fraternidade O Caminho já atua em Porto Alegre, com uma casa na Vila Ipiranga, há dois anos. No local são oferecidos café da manhã e almoço para os moradores de rua e, à noite, são realizadas abordagens na rua levando agasalhos, alimentação e escuta, por meio da missão de 14 irmãs.

As doações devem ser informadas pelo telefone (51) 3228.6199, na Cúria Metropolitana.

Frei Daniel da Sagrada Família é natural de São Paulo, mas estava em Laguna (SC) antes da sua vinda para a capital gaúcha. "Estou muito alegre pelo chamado e acolhida da Arquidiocese de Porto Alegre. Espero iniciar logo este trabalho com os filhos prediletos e encaminha-los para o tratamento contra a drogadição, que muitos enfrentam quando vivem em situação de rua", destaca.

Já o noviço Ciro natural do Paraná, já cumpriu o seu um ano no noviciado e agora inicia na missão. Nascido em Minas Gerais, viveu grande parte da sua juventude na Bahia. "Estou desejoso em fazer a vontade de Deus. Depois de concluir este período de aprofundamento interior e pessoal, durante o noviciado, agora estou muito feliz em poder sentir 'o cheiro da ovelha', como diz o Papa Francisco", celebra. Da mesma forma, o noviço Jeferson João, natural de Pernambuco, veio do Paraná, com muita expectativa em atender o povo da rua e acolhê-los, este que será o grande diferencial da nova casa da Fraternidade O Caminho. Frei Alano do Cordeiro de Deus, é natural do Paraguai, de onde veio, após 3 anos de permanência naquele país. Também já esteve visitando o Brasil, oportunidade em que residiu nos estados do Paraná (2014) e do Espírito Santo (2016).

(Foto Nelson Pereira e Texto Patricia Damaceno - Ascom)

História

A Fraternidade O Caminho foi fundada pelo Padre Gilson Sobreiro e a Irmã Serva das Chagas Ocultas, em São Paulo, em 23 de outubro de 2001, após a participação de ambos em um encontro de recuperação para jovens usuários de drogas. Após alguns anos, a fraternidade alugou uma casa, em Santo Amaro, onde foi iniciado o atendimento aos pobres e dependentes químicos, e hoje é um lar de idosos em situação de abandono. Atualmente são mais de 60 casas distribuídas pelo Brasil e outras em mais 9 países, num total de 500 religiosos (entre freis e irmãs professos).

​A congregação é nova em sua história, porém marcante em sua ação social. Pobres, homens e mulheres despojados vivem com seus hábitos simples como os de São Francisco, calçam apenas sandálias e chinelos e abdicam de suas aspirações e realizações pessoais como consagrados. Após um ano de noviciado, todos os consagrados vivem um ano de missão, até os votos.

#moradoresderua #FraternidadeOCaminho #casa #acolhida

Cúria Metropolitana

Rua Espírito Santo, 95

Bairro Centro Histórico 

CEP 90010-370 | Porto Alegre | RS

       51 3228.6199

Residência Episcopal

Vigário geral

Chancelaria

Arcebispado

Arquivo histórico

Batistério

Tutela de menores

Ascom

Tribunal Eclesiástico

ACESSE TAMBÉM

Administrativo

Departamento Pessoal

Jurídico

Financeiro

Contabilidade

Fraterno Auxílio

Patrimônio

T.I.

Obras

Servus

O Dia do Senhor

Loja Centro de Pastoral

Centro Administrativo

Av. Sertório, 305

Bairro Navegantes
CEP 91.020-001 | Porto Alegre | RS

51 3083.7800

© 2020 por ASCOM para Arquidiocese de Porto Alegre