Dia Mundial de Oração pelas Vocações: Papa Francisco dedica mensagem aos sacerdotes


Para o 57º Dia Mundial de Oração pelas Vocações, celebrado no próximo dia 3 de maio, o Papa Francisco dedicou uma mensagem especial e nela escolheu quatro palavras-chave – tribulação, gratidão, coragem e louvor – para agradecer aos sacerdotes e apoiar o seu ministério, tendo como pano de fundo o texto evangélico que conta a experiência singular que sobreveio a Jesus e a Pedro durante uma noite de tempestade no lago de Tiberíades (cf. Mt 14, 22-33).

Assim, a primeira palavra da vocação, na mensagem, é gratidão. Francisco afirma que toda a vocação nasce daquele olhar amoroso com que o Senhor veio ao nosso encontro, talvez mesmo quando o barco estava à mercê da tempestade. “Mais do que uma escolha nossa, a vocação é resposta a uma chamada gratuita do Senhor (Carta aos Presbíteros, 4/VIII/2019); por isso conseguiremos descobri-la e abraçá-la, quando o nosso coração se abrir à gratidão e souber reconhecer a passagem de Deus pela nossa vida”, diz em um trecho.

Sobre a coragem, Francisco salienta que o Senhor sabe que para qualquer opção fundamental de vida – como casar-se ou consagrar-se de forma especial ao seu serviço – exige coragem. “Ele conhece os interrogativos, as dúvidas e as dificuldades que agitam o barco do nosso coração e, por isso, nos tranquiliza: Não tenhas medo! Eu estou contigo. A fé na presença d’Ele que vem ao nosso encontro e nos acompanha mesmo quando o mar está revolto, liberta-nos daquela acédia que podemos definir uma «tristeza adocicada» (Carta aos Presbíteros, 4/VIII/2019), isto é, aquele desânimo interior que nos bloqueia impedindo-nos de saborear a beleza da vocação”, diz.

O Papa também fala da tribulação, que na mensagem especifica concretamente como fadiga. Ele diz que toda a vocação requer empenhamento. “Se nos deixarmos arrastar pelo pensamento das responsabilidades que nos esperam – na vida matrimonial ou no ministério sacerdotal – ou das adversidades que surgirão, bem depressa desviaremos o olhar de Jesus e, como Pedro, arriscamo-nos a afundar. Pelo contrário a fé permite-nos, apesar das nossas fragilidades e limitações, caminhar ao encontro do Senhor Ressuscitado e vencer as próprias tempestades. Pois Ele estende-nos a mão, quando, por cansaço ou medo, corremos o risco de afundar e dá-nos o ardor necessário para viver a nossa vocação com alegria e entusiasmo”, salienta.

E então, Francisco fala sobre o louvor. “Esta é a última palavra da vocação e pretende ser também o convite a cultivar a atitude interior de Maria Santíssima: agradecida pelo olhar que Deus pousou sobre Ela, superando na fé medos e perturbações, abraçando com coragem a vocação, Ela fez da sua vida um cântico eterno de louvor ao Senhor”, afirmou.

Por fim, Francisco deseja que especialmente neste Dia de Oração pelas Vocações, mas também na ação pastoral ordinária das comunidades, a Igreja percorra este caminho ao serviço das vocações, abrindo brechas no coração de todos os fiéis, para que cada um possa descobrir com gratidão a chamada que Deus lhe dirige, encontrar a coragem de dizer sim, vencer a fadiga com a fé em Cristo e finalmente, como um cântico de louvor, oferecer a própria vida por Deus, pelos irmãos e pelo mundo inteiro.

Acessa (aqui) a mensagem do Papa na íntegra. No Brasil, a Comissão para os Ministérios Ordenados e a Vida Consagrada também encaminhou sua mensagem aos (arce) bispos e administradores Apostólicos e Diocesanos. Leia na íntegra.

(Texto: CNBB / Edição: Patricia Damaceno - Ascom - Foto: Victor Barros)

#VOCAÇÃO #CNBB #CLERO #MensagemPapaFrancisco

Cúria Metropolitana

Rua Espírito Santo, 95

Bairro Centro Histórico 

CEP 90010-370 | Porto Alegre | RS

       51 3228.6199

Residência Episcopal

Vigário geral

Chancelaria

Arcebispado

Arquivo histórico

Batistério

Tutela de menores

Ascom

Tribunal Eclesiástico

ACESSE TAMBÉM

Centro Administrativo

Av. Sertório, 305

Bairro Navegantes
CEP 91.020-001 | Porto Alegre | RS

51 3083.7800

Administrativo

Departamento Pessoal

Jurídico

Financeiro

Contabilidade

Fraterno Auxílio

Patrimônio

T.I.

Obras

Servus

O Dia do Senhor

Loja Centro de Pastoral

© 2020 por ASCOM para Arquidiocese de Porto Alegre