Daniel José Alves da Silva será ordenado presbítero nesta sexta-feira

Ao sentir-se amado por Deus, o então adolescente Daniel José Alves da Silva buscava de que forma poderia responder a esse amor. Entre as opções, o sacerdócio foi, por muito tempo, deixado de lado. “Na época pensei muitas coisas, inclusive em ser diácono, pois viva mais intensamente essa questão da caridade”, recorda Daniel, hoje diácono transitório, ou seja, que se prepara o sacerdócio, vocação que assumirá a partir desta sexta-feira. Às 20h, na paróquia Santo Antônio, em Canoas, ele será ordenado padre pelo arcebispo metropolitano de Porto Alegre, Dom Jaime Spengler.

 

Nascido em Tenente Portela, Daniel da Silva será ordenado em Canoas, na paróquia que o acolheu na Arquidiocese. Foto: Amanda Fetzner Efrom

 

 

Daniel nasceu em Tenente Portela há 32 anos. Prestes a completar quatro anos, os pais se separaram e ele então foi batizado – a mãe é de tradição católica, mas o pai de doutrina evangélica, hoje presbítero da Assembleia de Deus. Ainda criança, Daniel se mudou com a mãe para Porto Alegre. Moravam no bairro Cristal com um casal de idosos, que a mãe cuidava, e frequentavam a missa na paróquia Santa Teresa de Jesus e, principalmente, na São Martinho.

 

A procura de uma resposta ao chamado de Deus

Na adolescência, já residindo em Capão da Canoa, recebeu os sacramentos da Eucaristia e Crisma. Aos 13 anos leu toda a Bíblia. Quando cursava o Ensino Médio ingressou para uma conferência vicentina, que atuava com foco na caridade. Foi quando pensou que, na vida adulta, poderia tornar-se diácono e, profissionalmente, administrador de empresas.

 

Mas foi após um retiro que percebeu o sacerdócio como o seu caminho. Iniciou um processo de discernimento com a ordem dos guanellianos, mas entendeu que sua vocação o chamava para vida de padre diocesano. Alguns amigos de Canoas comentaram, então, que a paróquia Santo Antônio precisava de um funcionário, foi quando ele retornou à Região Metropolitana.

 

Trabalhando na comunidade e cursando Filosofia na PUCRS, foi refletindo sobre a vocação presbiteral, sempre acompanhado por padres. Após participar de encontros Kairós em 2006, ingressou no curso propedêutico no ano seguinte. Retornou à Filosofia, ficou um período afastado por questões de saúde, concluiu a Teologia e foi ordenado diácono em dezembro de 2016.

 

A missão do padre

Às vésperas de receber o segundo grau do sacramento da Ordem, Daniel está ciente de que a missão que assumirá exige testemunho. “O padre é um sinal no mundo. Alguns conseguem ser um sinal do amor, realmente, não apenas um administrador, um motivador, mas um sinal. Ao mesmo tempo em que oferta a vida da assembleia no altar, o padre é aquele que acolhe os pecadores, que são tão pecadores ou até menos que ele, que tem o acolhimento do pai misericordioso, que vai em busca dos doentes, daqueles que perderam o ente querido, dos que precisam de um pato de comida”, destaca.

 

 

Conheça um pouco mais sobre o diácono Daniel José Alves da Silva

 

 

Para o diácono a formação intelectual é extremante importante. “O povo cobra, quer respostas”, observa. Porém, ele recorda que as pastorais de fim de semana foram realmente marcantes no período de seminário, pois lhe deram a experiência de estar em contato com a comunidade. “O mais difícil como presbítero vai ser deparar a minha miséria com a virtude que o povo espera. Eu quero ter virtudes, eu busco isso. Posso ter algumas, mas não sou aquilo que o povo quer que eu seja. Queria ser um padre perfeito. Mas quem é?”, comenta, lembrando que um formador uma vez lhe disse que nenhum homem é digno do sacerdócio. “É pura misericórdia de Deus”, repete o futuro padre.

 

Tríduo começa nesta terça-feira

Ao longo dos anos de formação, Daniel serviu nas paróquias Nossa Senhora da Conceição (São Sebastião do Caí), Nossa Senhora do Caravaggio (Porto Alegre), Nossa Senhora Medianeira (Porto Alegre), Nossa Senhora do Livramento (Guaíba), São Cristóvão (Canoas), São João Batista (Camaquã) e Santa Luzia (Canoas). Atualmente, está na comunidade Santo Antônio (Alvorada).

 

Algumas dessas paróquias estarão no tríduo em preparação à ordenação, que ocorrerá nos dias 1º, 2 e 3 de agosto, na paróquia Santo Antônio, de Canoas, sempre às 19h30min. A primeira celebração será organizada pela comunidade Nossa Senhora do Caravaggio de Porto Alegre e presidida pelo seu pároco, Pe. Miguel Louzada de Almeida Martins Costa. No dia 2 a atual paróquia do diácono Daniel, a Santo Antônio de Alvorada, é a responsável pela missa, e o Pe. Libanor Picetti presidirá. O terceiro dia de tríduo está sendo preparado pelos jovens da igreja anfitriã e terá como convidado o Pe. Gustavo André Haupenthal.

 

Ordenação presbiteral

Dia: 4 de agosto (sexta-feira)

Horário: 20h

Local: Paróquia Santo Antônio (Rua Machadinho, 881 – bairro Rio Branco – Canoas)

 

Primeira missa

Dia: 6 de agosto (domingo)

Horário: 10h

Local: Paróquia Santo Antônio (Rua Machadinho, 881 – bairro Rio Branco – Canoas)

 

Daniel é o sexto padre ordenado na Arquidiocese de Porto Alegre neste ano. Leia mais sobre neossacerdotes:

--> Pe. Fausto Gabriel Souza Rodrigues é ordenado em Canoas

 

--> Padres Edivelton Pinto e Tiago Camargo são ordenados em Eldorado do Sul
--> Conheça mais sobre o Pe. Edivelton Flores Pinto
--> Conheça mais sobre o Pe. Tiago Ávila Camargo

 
--> Pe. Gustavo Alves Batista é ordenado em Porto Alegre
--> Conheça mais sobre o Pe. Gustavo Alves Batista

 

--> Padre Fabiano Schwanck Colares é ordenado em Sapucaia do Sul
--> Conheça mais sobre o Pe. Fabiano Schwanck Colares
 

Please reload

Cúria Metropolitana

(51) 3228.6199

Rua Espírito Santo, 95

Bairro Centro Histórico 

CEP 90010-370 | Porto Alegre | RS

Residência Episcopal

Vigário geral

Chancelaria

Arcebispado

Arquivo histórico

Batistério

Ascom

Tribunal Eclesiático

ACESSE TAMBÉM

Administrativo

Departamento Pessoal

Jurídico

Financeiro

Contabilidade

Fraterno Auxílio

Patrimônio

T.I.

Obras

Servus

O Dia do Senhor

Loja Centro de Pastoral

Centro Administrativo

(51) 3083-7800

Av. Sertório, 305

Bairro Navegantes
CEP 91.020-001 | Porto Alegre | RS

© 2019 por ASCOM para Arquidiocese de Porto Alegre