"Gaudete et exsultate": leia mais sobre como foi o primeiro dia do II Congresso de Teologia

08.10.2019

Além da conferência do cardeal Dom Giovanni Angelo Becciu, presidente da Congregação para a Causa dos Santos, o primeiro dia do II Congresso Internacional de Teologia trouxe muitos outros aprofundamentos sobre a exortação Gaudete et exsultate, publicada pelo papa Francisco. Confira abaixo os relatos das apresentações “Perspectiva bíblica da Santidade na Gaudete et exsultate”, feita pelo Padre Clodomiro de Sousa e Silva; e “Espaço público e vivência da santidade”, realizada por Dom José Reginaldo Andrietta.

 

Perspectiva bíblica da Santidade na Gaudete et exsultate

 

 

Abordando a temática da santidade na linha exegética da exortação Gaudete et exsultate, o Padre Clodomiro de Sousa e Silva, doutor em teologia, trouxe aspectos importantes do conceito de santidade presentes no antigo e no novo testamento. No AT santo se refere aquilo que é separado do profano, em um sentido absoluto, é Deus. Já na ótica do NT, santo se refere aquele que está em união com o Pai, através de Jesus Cristo. Ressaltou também que no NT fala-se menos da santidade divina (Tridade), e mais da santificação dos cristãos (os santos).

 

A exortação do Papa utiliza a noção bíblica de santidade, com foco na ética, por isso, numa perspectiva bíblica o fruto da santificação é a vivência da moral cristã. Ao longo de todo o documento o Santo Padre irá refletir sobre as “Bem-aventuranças”, e para Pe. Clodomiro elas podem ser resumidas na primeira: “Bem-aventurados os pobres de espírito” (Mt 5, 3). Ele considera que as demais bem-aventuranças são um desdobramento da primeira, que resume o ensino de jesus nas obras de misericórdia, pelas quais se comprovam a obra do amor. Assim como Jesus, o Papa nos recorda que o céu é dos que se fazem pobres de espírito, apresentando assim uma visão de santidade evangélica e prática. “Fazer o que Jesus disse no sermão das bem-aventuranças”, eis o segredo para a santidade conforme a visão bíblica” completou Pe. Clodomiro. Por fim, ao concluir a conferência o religioso nos recordou que o título do exortação “Alegrai-vos e exultai” (Mt 5, 12) é  a certeza de que o justo que busca a santidade já nessa vida encontra recompensas em Deus, ao colaborar na construção do paraíso terrestre.

 

Espaço público e vivência da santidade

 

Partindo da vasta experiencia pastoral que possui, o bispo José Andrietta, referencial da CNBB para a pastoral operária, esboçou na terceira e última conferência do dia uma perspectiva de santidade no ambiente público, recordando-nos que o espaço público é um lugar teológico e pastoral. 

Dom José apresentou a necessidade da responsabilidade que cada homem e mulher deve ter diante do bem comum, exortando-nos para o sentido de equilíbrio com os bens que Deus concede a todos. Nesse aspecto abordou o valor absoluto do ser humano sobre qualquer tesouro desta terra: “Todo o petróleo do mundo, todo o ouro do mundo, não valem a dignidade de um ser humano. O homem tem primazia absoluta sobre toda e qualquer riqueza material.”, com isso o bispo reforçou a necessidade de se caminhar para uma sociedade na qual se valorize o homem acima do capital.

Ainda no aspecto da santidade no ambiente público, Dom Andrietta falou da importância da renúncia aos interesses pessoais em vista do bem comum, viver a santidade na esfera pública é abrir mão do próprio egoísmo para chegar até o outro. Numa perspectiva pública a santidade se realiza como a ética e o estado de espírito social, assim conclui o bispo encerrando o primeiro dia de congresso.

 

 

(Textos do seminarista Lucas Lacerda e fotos do seminarista Marto Vilaza)

 

 

 

 

Please reload

Cúria Metropolitana

(51) 3228.6199

Rua Espírito Santo, 95

Bairro Centro Histórico 

CEP 90010-370 | Porto Alegre | RS

Residência Episcopal

Vigário geral

Chancelaria

Arcebispado

Arquivo histórico

Batistério

Ascom

Tribunal Eclesiático

ACESSE TAMBÉM

Administrativo

Departamento Pessoal

Jurídico

Financeiro

Contabilidade

Fraterno Auxílio

Patrimônio

T.I.

Obras

Servus

O Dia do Senhor

Loja Centro de Pastoral

Centro Administrativo

(51) 3083-7800

Av. Sertório, 305

Bairro Navegantes
CEP 91.020-001 | Porto Alegre | RS

© 2019 por ASCOM para Arquidiocese de Porto Alegre